meditacao

Meditação e bem-estar não são frequentemente associados ao mundo dos negócios. Porém essa prática pode melhorar seu foco, concentração, controle emocional e te trazer vários outros benefícios. Profissionais, especialmente no ramo da tecnologia, vêm usando essa prática para melhorar seus skills de liderança e trabalho em equipe e diminuir gastos com calmantes e outros remédios. Algumas empresas estão oferecendo treinamento para meditação. Entre elas, estão o Google, a Salesforce, a Aetna, o grupo Goldman Sachs e o Bank of America.

A prática do relaxamento e da meditação existe a milhares de anos, mas foi redescoberta pelas empresas porque agora temos a habilidade de fazer algo que não era possível antes – ver como meditar afeta o nosso cérebro e nossas ações.

Veja abaixo seis benefícios da meditação para a sua saúde:

Reduz a ansiedade

Várias pessoas começam a meditar por ter crises de ansiedade, em parte efeito do ritmo de trabalho das empresas de hoje em dia. Em 2013, um estudo do Hospital Geral de Massachusetts colocou 93 indivíduos diagnosticados com ansiedade generalizada em uma intervenção de oito semanas com um tratamento baseado na meditação. Os pacientes tratados mostraram uma redução significativa nos efeitos da ansiedade.

Reduz ações discriminatórias

Humanos dependem naturalmente de associações preestabelecidas e atalhos cognitivos para viver. No entanto, essas associações podem ser destrutivas quando se trata de certos estereótipos. No contexto do direito criminal, eles podem ser muito perigosos.

Em um estudo de 2015 da Universidade de Michigan, feito pelo professor Adam Lueke, participantes ouviram um áudio para meditação. Depois de analisados, notou-se que estereótipos de raça e idade diminuíram, enquanto os pacientes se mostraram muito mais calmos.

Terapia cognitiva baseada na meditação

Terapia cognitiva baseada na meditação e terapia comportamental podem ser usadas para tratar os efeitos colaterais da depressão. De acordo com a Associação Americana de Psicologia, a terapia cognitiva é uma terapia de grupo que dura oito semanas e nela são incorporados exercícios de relaxamento, consciência corporal e “deveres de casa” diários, incluindo ioga e tarefas da casa (lavar, passar, limpar).

Aumenta a satisfação com o próprio corpo

A insatisfação com o próprio corpo é um das maiores causas de sofrimento das mulheres de todas as idades. Em um estudo feito por pesquisadores norte-americanos, diversas mulheres foram separadas em dois grupos: o de meditação e o de controle. Aquelas na intervenção pela meditação passaram por um período de três semanas seguidas de “meditação de amor próprio”. Comparadas ao grupo de terapia comportamental, as mulheres que meditaram experienciaram “uma grande redução na insatisfação e vergonha do próprio corpo e aumento do amor pelo próprio corpo”. Os efeitos duraram impressionantes noventa dias.

Melhora a cognição

Em um estudo de 2010, publicado na revista especializada “Diário da Consciência e Cognição”, pesquisadores juntaram 24 pessoas em um grupo de intervenção. Todas passaram por quatro sessões de meditação. O grupo de controle tinha 25 pessoas, e todas elas ouviram um audiobook. Resultados mostram que ambos os grupos de meditação e controle mostraram melhora no humor, mas apenas o de meditação reduziu fadiga e ansiedade. Pesquisadores concluíram: “Nossos dados sugerem que quatro dias de meditação podem aumentar a capacidade de alguém de prestar atenção e processar informações”.

Pode evitar com que você se distraia

Treinar a mente para conseguir focar e se concentrar está se tornando cada vez mais importante, ainda mais nesse mundo onde nossa atenção está sendo chamada de todos os meios diferentes. Em um estudo de Harvard, pesquisadores reportaram que “células cerebrais usam certas frequências, ou ondas, para regular o fluxo de informação. Uma frequência, a Alfa, ativa em células que processam o toque , a visão e o som o córtex, parte do cérebro, onde ele ajuda a suprimir sensações irrelevantes”.

Fonte: Forbes Brasil