O Ayurveda é uma filosofia médica oriental que foi desenvolvida no subcontinente indiano há milhares de anos. A história desta racionalidade indiana remonta-se aos tempos antigos da Índia arcaica. Os principais textos referendados pela tradição são apenas três, denominados Brihat Trayi, ou seja, o grande trio: Charaka Samhita, compendio de Charaka de medicina interna ou clínica médica, Susruta Samhita, compendio de Susruta de cirurgia ayurvédica e o Ashtanga Hridaya, coração dos 8 ramos do Ayurveda de Vagbhata, que é um resumo do conhecimento aiurvédico do século VII da nossa era. Todo estudante desta Medicina Tradicional Oriental deveria pesquisar profundamente estes 3 principais tratados.

ayurveda

A palavra Ayurveda é proveniente do sânscrito e possui duas partes: Veda que é traduzido como conhecimento, ciência ou sabedoria e Ayus que significa vida. Neste contexto Ayurveda é o conhecimento, a ciência ou sabedoria que propõe uma vida saudável em harmonia com as leis da natureza com o objetivo de alcançarmos a felicidade. Nesta filosofia indiana a saúde é um estado de completude, ou seja, uma integração corpo-mente- emoções.

O Ayurveda acredita que tudo no universo é composto pelos 5 Elementos ou Panchama-habhutas, inclusive nosso corpo físico, são eles: Espaço ou éter (Akasha), Ar (Vayu), Fogo (Agni), Água (Jala ou Ap) e Terra (Prithvi). Estes 5 Elementos se expressam na nossa fisiologia através dos 3 Doshas (humores): Espaço e Ar formam Vata, Fogo e Água geram Pitta e Água e Terra constroem Kapha. As qualidades dos 3 Doshas relacionam-se com as características destes Elementos. Vata (Espaço e Ar) é seco, leve, sutil, móvel, claro e áspero, porem Pitta (Fogo e Água) é quente, agudo, liquido, oleoso, azedo, picante e fluido, já Kapha (Água e Terra) é pesado, lento, suave, claro, grosso, macio, oleoso, estável e viscoso.

Segundo o Susruta Samhita a saúde é definida da seguinte forma: “Quando os Doshas (humores), Dhatus (tecidos), Agni (digestão e metabolismo) e a eliminação de Malas (excreções) estão em sua função normal e isto está associado a clareza dos sentidos, mente e alma”. Nesta filosofia a pessoa pode não ter uma doença propriamente dita mas também não estar saudável pois a saúde depende de um estado de felicidade.

O Ayurveda possui 2 objetivos principais: preservar e promover a saúde das pessoas saudáveis e curar as doenças dos pacientes em sofrimento. Neste sentido há 2 principais tipos de tratamento ayurvédico (chikitsa):

  1. Terapia de promoção da saúde (Urjaskara Chikitsa): é a abordagem terapêutica que promove saúde, força, vigor e vitalidade nas pessoas saudáveis. Nesta especialidade são utilizados 2 principais ramos do Ayuveda: Rasayana (rejuvenescimento) que beneficia a saúde física, mental, emocional e social e Vajikarana (afrodisíacos) que promove a vitalidade e aumento da libido em pessoas com bom estado de saúde.
  2. Tratamento das pessoas com quadros de adoecimento (Roga Nut Chikitsa): os 6 ramos que apresentam abordagens terapêuticas para as pessoas doentes em quadros de sofrimentos físicos e mentais; Kaychikitsa (clínica médica ou medicina interna), Agada Tantra (toxicologia), Bhutavidya (psiquiatria e psicologia), Kaumarbhritya (pediatria e ginecologia), Shalya (cirurgia ayurvedica), Shalakya (doenças da cabeça e pescoço).

As ferramentas terapêuticas do Ayurveda são medicamentos naturais e sua utilização depende da leitura do desequilíbrio vigente da pessoa. Este diagnóstico é realizado através da historia detalhada e exame físico minucioso. Após isto o profissional de Ayurveda pode utilizar os seguintes métodos naturais: oleação com óleos vegetais, sudação, massagens, medicamentos aiurvédicos de origem animal, mineral e vegetal, incluindo as plantas medicinais, dieta com alimentos da região e estação do ano, biopurificação e desintoxicação, atividade física moderada, rotina diária saudável com orientação da pratica de Yoga e meditação.

Terminamos com a famosa frase do texto clássico Charaka Samhita (tratado de clínica médica ayurvédica): “ Para o ignorante o mundo inteiro é seu inimigo porem para o sábio o mundo inteiro é seu professor”

Autor – Prof. Dr. Aderson Moreira da Rocha – www.ayurveda.com.br

Últimas Postagens

Práticas Integrativas e Complementares em Saúde

Práticas Integrativas e Complementares em Saúde Histórico No Brasil, o debate sobre as práticas integrativas e complementares começou a despontar no final de década de 70, após a declaração de Alma Ata e validada, principalmente, em meados dos...

Como meditar e obter benefícios para a saúde?

A meditação para iniciantes deve iniciar com práticas simples, como sentar em uma posição confortável, ou no chão, com as pernas cruzadas em “lótus”, ou ajoelhado ou, se forem posições difíceis, por limitações físicas, em uma cadeira...

Conheça o Poder dos Óleos Essenciais

Cada vez mais, pesquisas comprovam os bens da aromaterapia e as vantagens no uso de óleos essenciais Dentro da aromaterapia, os óleos essenciais naturais podem ser utilizados como remédios contra inflamações, depressão, estresse e outros...

3 dicas para melhorar sua inteligência emocional

Desenvolver sua inteligência emocional é um processo importante para o ambiente de trabalho. Atualmente, o grande diferencial que as grandes empresas procuram em seus funcionários é a inteligência emocional. Não existe pós-graduação, MBA,...

Astrologia | O que é Astrologia e para que serve?

A Astrologia lida com as aparentes posições dos planetas e constelações no momento exato do nascimento de alguém, e afirma que essas relaciona sistematicamente ao seu caráter, traços de personalidade, relações com os outros, profissão e tempos...

A fitoterapia ou terapia pelas plantas

A fitoterapia ou terapia pelas plantas é uma das mais antigas práticas terapêuticas da humanidade. Ela remonta há cerca de 8.500 a.c. e apresenta origens tanto no conhecimento popular (etnobotânica) como na experiência científica...

Olá, tudo bem? Como posso lhe ajudar?
Powered by

Pin It on Pinterest