manter-a-calma
 

Em nosso cotidiano diversas situações podem nos fazer perder a tranquilidade, seja no ambiente de trabalho, familiar o que inclui os relacionamentos e as situações de conflito. O mais importante é aprender como manter a calma, de forma que evite atitudes impulsivas errôneas e suas consequências.

A ausência da calma em situações estressantes leva a tomada de decisões incorretas perante a situação em si. Quando há tranquilidade e equilíbrio, somos capazes de analisar e aplicar atitudes e decisões de forma centrada e coerente durante situações de conflito.

O maior “segredo” para manter a calma é mudar a forma como nosso cérebro reage às situações de conflito.

Saiba como manter a calma mediante conflitos

Não há uma “fórmula mágica”, porém existem situações de contorno que auxiliam a manter a calma, independente de que tipo de conflito esteja enfrentando.

1 – Breve silêncio

Sempre que possível durante um conflito permaneça quieto e em silêncio por 20 segundos, tempo necessário necessários para que não reaja de forma impulsiva sem autocontrole mediante a situação.

2 – Respire fundo

O simples ato de respirar fundo acalma o cérebro e o corpo, proporciona os segundos de reflexão necessários para evitar atitudes impulsivas em situações de conflito.

3 – Concentre-se no seu corpo

Momentaneamente tire o foco do exterior e concentre-se no seu corpo.Na medida do possível controle a respiração e batimentos cardíacos.

Mantenha uma postura neutra e relaxe seus músculos, desta forma sua linguagem corporal expressará a abertura necessária para resolução do conflito.

4 – Escuta ativa

Concentre a sua atenção no que as pessoas envolvidas dizem, evite quaisquer pensamentos de construção de resposta neste momento.Quando há uma escuta ativa durante um conflito é possível extrair informações para posteriormente responder de forma inteligente.

5 – Pense positivo

Durante o conflito tente não focar exclusivamente no lado negativo, mesmo que por instantes pense em algo positivo. Desta forma é possível abstrair e amenizar o impacto e trazer uma nova perspectiva sobre a situação.

6 – Não leve para o lado pessoal

Independente do contexto, principalmente em ambientes corporativos, não leve o conflito para o lado pessoal.Interiorizar situações de conflito faz expandir além o local de origem, se houve um conflito no trabalho irá refletir em seu lar e vice-versa, caso não consiga se desvincular do ocorrido.

7 – Reavalie as perspectivas

Tenha sempre em mente que não é possível controlar fatores externos, o que pode e deve ser alterado é a forma como encarar os conflitos.Ao mudar a perspectiva é possível reavaliar a situação e redefinir as ações.

8 – Pratique atividades

meditação ajuda nossa mente a conquistar e manter o estado de calma de forma natural.Atividades como a yoga e o tai chi chuan focam na respiração e movimentos suaves, ajudam muito na manutenção da calma, independe da situação.

9 – Durma bem

A privação do sono reparador deixa o corpo e a mente cansados, dormir bem renova as energias e melhora o raciocínio.Caso ocorra uma situação de conflito inesperada ao longo do dia, estando devidamente descansado, estará mais preparado para agir de forma racional e efetiva.

Para manter a calma é preciso saber a origem do conflito

Pode haver situações que não envolve desgaste direto com demais pessoas e sim um conflito interno. Neste caso há necessidade de identificar a origem do estresse que pode envolver família, trabalho e pessoal.Para manter a calma interior sempre que possível avalie sua posição perante si mesmo, abandone coisas do passado e preocupações desnecessárias com o futuro.

Após identificar as fontes de seu conflito interior faça um planejamento realista com objetivos tangíveis respeitando seu tempo, mas não deixando de agir.

Durante este “processo” rumo a calma e equilíbrio medite e repita frases positivas sobre si mesmo. Enfim o mais importante permita-se sentir e evoluir com o aprendizado.

Fonte: Ser em Movimento

Últimas Postagens

Menos Estresse: 4 atitudes pra você deixar pra lá

Menos Estresse: 4 atitudes pra você deixar pra lá

A semana está começando. Aproveite para se livrar de alguns pensamentos e hábitos tóxicos. Aprender a deixar pra lá. Você não imagina como isso traz benefícios para a vida. Um dos princípios do Mindfulness é se concentrar no aqui e agora. E, para isso, é preciso se...

Faça estas posturas de ioga pela manhã e comece bem o dia

Faça estas posturas de ioga pela manhã e comece bem o dia

Instrutor ensina uma sessão fácil e rápida para cuidar da mente e do corpo! Está sentindo que a sua vida anda muito agitada, sem tempo para pensar em si mesma e cuidar da mente? A solução pode ser reservar um tempinho logo pela manhã para meditar um pouco. Então por...

Por mais generosidade e empatia

Por mais generosidade e empatia

Pequenos gestos e atitudes são o começo de uma trajetória que parecia não ter mais rumo para alguém. A vida nos ensina muitas coisas, ensina-nos a ser mais pacientes, mais generosos, mais gratos e, com certeza, mais fortes e corajosos. Mas nem sempre sabemos lidar com...

7 Dicas para uma Vida Zen

7 Dicas para uma Vida Zen

Os fundamentos para uma vida zen são princípios para uma vida consciente, simples e livre do excesso de preocupações muitas vezes desnecessárias. Tendo como base alguns preceitos dos monges, que valorizam a paz e clareza para ver a realidade de forma consciente....

Florais de Bach: Saiba Como Essa Terapia Natural Pode te Ajudar

Florais de Bach: Saiba Como Essa Terapia Natural Pode te Ajudar

O uso de florais de Bach, também conhecidos como “terapia floral”, tem se mostrado bastante efetivo no tratamento de crianças, adultos e até mesmo de cães e gatos domésticos. A terapia foi criada entre os anos 1920 e 1930 por Edward Bach, médico britânico que dedicou...

Pin It on Pinterest

× WhatsApp