Como ser Terapeuta Holístico?

Quero ser terapeuta

> Precisa ser Psicólogo para ser Terapeuta Holístico?
> Os cursos são reconhecidos pelo MEC?
> Precisa de formação superior para realizar um Curso Profissionalizante?

Estas e muitas outras dúvidas sobre como ser Terapeuta Holístico, surgem quando decidimos seguir esta profissão, não é mesmo?

São questionamentos normais para quem está prestes a começar a trilhar um caminho de estudos, investimentos e preparação para encarar uma nova profissão e finalmente fazer o que ama.

Por isso, vou tirar as 3 dúvidas mais frequentes para quem chegou até aqui e precisa destes esclarecimentos para dar o próximo passo em direção ao futuro.
Vamos lá!

Quero ser Terapeuta Holístico, preciso ser Psicólogo?

Muitas pessoas acreditam que para ser Terapeuta Holístico é preciso ser Psicólogo, mas a verdade é que não, você não precisa ser formado em psicologia para tornar-se Terapeuta Holístico. Existem diversos profissionais que atuam com terapia e um deles é o Terapeuta Holístico.

Esse profissional parte dos princípios da Terapia Holística, ou seja, vê a pessoa como um todo, priorizando o equilíbrio social, mental, físico e energético do cliente.

Essa busca é feita por meio de técnicas naturais e pelo autoconhecimento. Mais do que simplesmente escutar os problemas do cliente, o Terapeuta Holístico busca a plenitude dele, através de técnicas naturais e holísticas como, massoterapia, acupuntura, florais, Reiki entre outras.

O que diferencia o Terapeuta Holístico dos outros profissionais da Mente Humana, então?

É importante deixar clara a diferença entre os vários profissionais que estudam e tratam os problemas humanos. Cada qual possui seus métodos e qualificações específicas para exercer as respectivas profissões.

Terapeuta Holístico: Trata o problema como algo advindo de um desequilibro do Ser como um todo. Busca orientar o cliente a buscar o reequilíbrio energético por meio de técnicas variadas, com embasamento holístico.

Psicólogo: É o profissional que se forma em psicologia e se torna apto a tratar os problemas emocionais e psicológicos por meio, principalmente, do diálogo. Cuida do consciente da pessoa.

Psicanalista: Terapeuta que se forma em psicanálise. Trata problemas emocionais e psicológicos com base nos ensinamentos de Freud, Lacan e Jung.

Psiquiatra: Médico formado em medicina com especialização em psiquiatria. É ele, e somente ele, que pode prescrever remédios como tratamento.

É essencial termos noção das diferenças entre esses profissionais. Cada um possui seus métodos, técnicas e embasamentos teóricos, e, por isso, tratam de maneira diferente os problemas de cada pessoa. O que importa mais profundamente é que o cliente se identifique e consiga resultados nesta relação.

E quanto à Psicoterapia Holística?

Psicoterapeuta Holístico é quem atua com técnicas holísticas destinadas ao autoconhecimento que desenvolvem e aguçam a Responsabilidade e o Poder de auto-equilíbrio e também com técnicas de regressão terapêutica, memórias ancestrais, técnicas naturais e terapia de vivências passadas. Não é necessário formação ou conhecimento em Psicologia, pois o curso Psicoterapia Holística é bem diferente (como você viu acima)!

A Psicoterapia Holística desenvolve os níveis Emocional, Físico, Espiritual e Neurolinguístico.

Mas o termo Psicoterapia não é exclusivo de quem estuda Psicologia?

Não! As expressões “psicanálise” e “psicoterapia” podem ser utilizadas livremente por Terapeutas Holísticos, pois nenhuma delas é limitada ou definida como exclusiva para uma só profissão por Lei Federal.

Independentemente das definições de dicionário, somente as expressões abordadas em Lei Federal tem restrição de uso. A princípio, o Terapeuta Holístico pode, livremente, fazer uso das expressões “psicanálise” e “psicoterapia“, pois nenhuma delas é limitada ou definida como exclusiva para uma só profissão por Lei Federal, podendo ser utilizada por qualquer pessoa.

Mas preciso realizar cursos reconhecidos pelo MEC para ser Psicoterapeuta Holístico/Terapeuta Holístico?

Também não! A maioria dos cursos na área holística os quais encontramos, tanto em Instituições de Ensino que oferecem a facilidade de um curso EAD, como as que promovem cursos presenciais nesta área, são cursos de Categoria Livre.

Os cursos livres fazem parte da modalidade de Educação Profissional. Apesar de não serem reconhecidos pelo MEC, essa modalidade de curso tem base legal no Decreto nº 5.154/04 e na Portaria Nº 008/02.

Esses cursos são mais indicados para os profissionais que desejam uma qualificação mais focada. São ideais para quem tem interesse em atuar profissionalmente na área holística, para os que estão iniciando no mercado de trabalho ou para quem quer simplesmente aperfeiçoar um conhecimento ou aprender algo novo.

A modalidade de curso livre também é mais rápida e direcionada que as outras, além de tratar as disciplinas de forma bem especifica. Vai direto ao ponto, entende?
Estes cursos oferecem diversas vantagens. A primeira e, talvez, a mais importante, é o período de duração. É possível aprender sobre um assunto sem ter que perder tempo estudando disciplinas que não interessam à sua profissão.

Fonte: Quero Ser Terapeuta

×
Olá, tudo bem? Como posso lhe ajudar?

Pin It on Pinterest