O Poder dos Óleos Essenciais

O termo aromaterapia foi introduzido por René Maurice Gattefossé na década de 1920. Esta terapia se vale dos poderes dos óleos essenciais para predispor à prevenção e ao equilíbrio psicossomático. A ação dos componentes dos óleos essenciais pode se dar por contato com a pele: penetração e consequente alcance da corrente sanguínea, ou por estimulação do sistema nervoso central.

Óleos Essenciais

ÓLEOS ESSENCIAIS

Os óleos essenciais são substâncias orgânicas muito perfumadas e voláteis, extraídas de diversas partes das plantas. Têm geralmente consistência aquosa e límpida, mas podem se solidificar em temperaturas baixas. São solúveis em álcool, insolúveis em água e podem ser incolores ou apresentar desde tons claros até fortes e opacos. Os óleos essenciais são chamados de voláteis, pois quando expostos ao ar (temperatura ambiente), evaporam.

Métodos de aplicação aromaterápica

Os métodos de aplicação mais comum na prática da aromaterapia são: pulverização e difusão aérea, inalação, compressas, banhos e massagens. O modo mais adequado a ser empregado é definido de acordo com a prescrição do médico ou profissional especialista, levando-se em conta a substância a ser utilizada. (Corazza, 2002; Price, 1999).

 

Alguns óleos essenciais e suas propriedades:

ALECRIM (Rosmarinus officinalis). É da família botânica das labiadas e possui como principais componentes: pineno, limoneno, linalol, eucaliptol, borneol, canfeno e terpineol. É usado principalmente para artrite, cansaço mental, fraqueza geral, perda de memória, dores nas juntas, piolho, sarna, asma e bronquite.

BERGAMOTA (Citrus bergamia). Tem como principais constituintes: linalol, acetato de linalil, pineno, acetato de linalila, nerol, acetato de nerila, geraniol, bergapteno, terpineol e dipenteno. É usado na medicina popular italiana no combate da febre e de vermes e muito usado nas indústrias alimentícia e de fragrâncias. É indicado para eczema, acne, seborreia, furúnculos, cistites, prurido vaginal, halitose, pele oleosa, psoríase, problemas digestivos, perda de apetite, ansiedade, depressão, estresse, infecções da mucosa bucal e garganta. É bactericida em infecções causadas por gonococcus, staphylococcus, meningococcus e bacilo da difteria. Possui também poder analgésico, antisséptico, cicatrizante, sedativo e energizante.

CAMOMILA-DOS-ALEMÃES (Matricaria chamomilla). Tem como principais componentes: azuleno (principal entre todos), alfa-bisabolol, farneseno, tujanol, flavonoides (apigenina, luteolina, quercitina) e glicosídeos. É usado como anti-inflamatório, cicatrizante, antiespasmódico, imunoestimulante e antianêmico. É indicado para tratar úlceras gastrintestinais, inflamações na pele dermatites, acne, artrite, reumatismo, furúnculos, TPM, menopausa, amenorreia, dismenorreia, enxaqueca, dor de cabeça, dor de ouvido, dor de dente, picadas de inseto, insônia, náusea, estresse, problemas digestivos e cólicas. É também considerado suave sedativo para uso infantil e como um popular reequilibrador emocional.

CANELA (Cinnamomum zeylanicum). Seus principais constituintes são: eugenol, ácido cinâmico, aldeído benzênico, aldeído cinâmico, benzoato de benzila, furfurol, safrol, cimeno, dipenteno, felandreno e pineno. É utilizado como diurético, analgésico, poderoso antisséptico, antiprurido e antiespasmódico. É indicado para estimular a digestão e a circulação, em gripes, infecções intestinais, impotência, constipação, náusea, cálculo renal, dores musculares e estresse. É conhecido popularmente por seu poder estimulante.

CITRONELA (Cymbopogon nardies). Seus principais constituintes são: ácido hidrociânico, borneol, bourboneno, canfeno, cânfora, cariofileno, citral, citronelal, citronelol, etanol, eugenol, farnesol, furfurol, geraniol, limoneno, linalol, mentol, nerol, pineno e terpinoleno. É utilizado como desodorizador, estimulante digestivo, antiespasmódico, antidepressivo, antisséptico, cadiotônico, repelente de insetos e anti-inflamatório. É indicado para perspiração excessiva, cansaço, dor de cabeça, pele e cabelos oleosos, dor de estômago, dores musculares, circulação deficiente e menstruação deficiente (é emenagogo: estimula a menstruação).

EUCALIPTO (Eucalyptus globulus). Seus principais componentes são: citronelal, eucaliptol, eugenol, pineno, canfeno, limoneno, felandreno, pinocarvona e terpineol. Propriedades terapêuticas/Aplicações do óleo: potencial antisséptico, antiviral, expectorante, estimulante do sistema respiratório, anti-inflamatório, adstringente e ativa a circulação. É indicado para tratar herpes simples, bronquite, asma, tosse, catarro, resfriado, diabetes, sinusite, má-circulação, distúrbios do trato urinário, dores musculares, reumatismo e mordida de cobra. Se aplicado diretamente sobre uma ferida, reduz o tempo de vida do vírus e reduz a dor. É muito utilizado para reequilibrar a respiração (ofegante ou curta). Nas esferas mental e emocional, o óleo de eucalipto é indicado para pessoas pessimistas e com pensamentos fixos e obsessivos. Na esfera física, o óleo de eucalipto dilata a musculatura dos brônquios, pulmões e traqueia, reduz a coriza e a febre e “limpa” ou desobstrui as vias aéreas.

LAVANDA (Lavandula officinalis ou Lavandula angustifolia ou Lavandula vera). Seus principais constituintes são: limoneno, cariofileno, linalol, cineol, nerol, eucaliptol, terpineno, pineno, canfeno, felandreno, cânfora, geraniol, borneol, lavandulol, acetato de lavandila, bisabolol e alguns ácidos como o benzoico, valérico e cumárico. Ele relaxa e tranquiliza. Use na aromatização de ambientes, no colar aromático ou 1 gota no travesseiro antes de dormir. Excelente para tratar queimaduras, a cicatrização começa de imediato. Pode – se usar em cortes, feridas, escaras e dermatite.Na face atua em linhas de expressão, relaxa o músculo facial, serve como tônico para limpar a pele de acúmulos de poluição, maquiagem e oleosidade.Nos cabelos doa brilho, fortalece e trata psoríase no couro cabeludo. Nesse caso dilua em óleo vegetal.Pode ser usado no banho ou no aromatizador de ambientes para crianças e bebês agitados.

Fonte: HerbaMix

Referências Bibliográficas: http://www.saocamilosp.br/pdf/cadernos/36/07_aromaterapia.pdf (acesso 07/05/2019 às 10:59) Autores: Patrícia Andrei* Aparecida Peres Del Comune**
* Farmacêutica da empresa Naturelle, graduada pelo Centro Universitário São Camilo.
** Docente do Curso de Farmácia do Centro Universitário São Camilo.

Últimas Postagens

Como funciona a Aromaterapia?

Como funciona a Aromaterapia?

Faça esta terapia em busca de estabilidade emocional e autoconhecimento!Você já se perguntou o que é Aromaterapia? Como já diz o nome, é uma terapia por meio de aromas que possibilitam o conforto tanto físico, quanto psicológico. Para um tratamento...

Você conhece o poder das Barras de Access?

Você conhece o poder das Barras de Access?

Especialista explica como essa técnica pode auxiliar em diversos aspectos da vidaCom o estresse e a correria dos dias atuais, cada vez mais o corpo sente os impactos do dia-a-dia. As consequências são diversas e atingem diversos pontos da vida. Para alguns...

Os benefícios da musicoterapia para idosos

Os benefícios da musicoterapia para idosos

A musicoterapia pode trazer muitos benefícios para a saúde além de relaxamento e bem estar. Esta técnica terapêutica utiliza a música para tratar transtornos diferentes como ansiedade, depressão, transtorno de neurodesenvolvimento, além de ajudar quem tem...

Afinal, o que é coaching?

Afinal, o que é coaching?

Você sabia que a premissa básica do coaching é que podemos ser o melhor de nós mesmos, desenvolver nosso potencial adormecido e apreender ações que expressem nossa grandeza no mundo? Não? Então, topa entender melhor o que é o coaching? O...

Pin It on Pinterest

× WhatsApp