Você sabe quais são os benefícios da naturopatia? Popular na Alemanha e Áustria do século XVIII ao XIV, ela é uma ampla técnica que unifica terapias tradicionais, naturais, modernas e medicina científica. Com o passar do tempo, foi levada para os Estados Unidos, onde só obteve sucesso a partir da década de 1960, abrangendo a variedade de recursos adotados pelos naturopatas. O objetivo nada mais é que identificar a causa de doenças ou possíveis desequilíbrios, prevenir e estimular o corpo. Apesar dos tratamentos serem individuais, as doenças podem variar entre agudas ou crônicas, levando em consideração o estado emocional, físico, mental e até mesmo espiritual dos pacientes que alternam para este método.

Em geral, nos deparamos com terapias que intercalam entre fitoterapia, medicina tradicional chinesa, reeducação alimentar e estilo de vida no caso de sedentarismo, homeopatia, hidroterapia, quiropraxia, massoterapia ou terapia floral. É importante lembrar que cada paciente reage de uma maneira diferente e, mesmo sendo eficaz, a naturopatia pode ser vista como um complemento à medicina convencional a fim de acelerar a recuperação do enfermo. A medicina tradicional chinesa e acupuntura, por exemplo, vem demonstrando bastante eficácia no tratamento de doenças crônicas desde que foram desenvolvidas há mais de 2500 anos.

naturopatia

Segundo o site Jardim do Mundo, a naturopatia tem como princípios base:

– Ensinar as pessoas que elas são responsáveis pelo próprio corpo. É preciso cuidar dele para que tudo fique em ordem, ter atenção a sinais e, assim, promover o equilíbrio;
– Os métodos e substâncias naturais são priorizados com intuito de diminuir o risco de efeitos secundários, tanto para a recuperação da saúde como para o diagnóstico da doença;
– A ideia vai além de combater os sintomas, mas sim eliminar a causa. Dado isso, promove-se o equilíbrio do organismo;
– Por ser holística, tal técnica não trata apenas a doença, como também as causas de sua origem. Podem ser físicas, emocionais, mentais, genéticas, ambientais, sociais, etc.
– A prevenção pode ser conquistada por meio da prática de hábitos saudáveis e também do autoconhecimento.

Confira abaixo como funcionam os principais métodos utilizados:

Acupuntura

Terapia milenar de origem chinesa que trabalha com a aplicação de agulhas em pontos específicos do corpo com foco no tratamento de doenças e promover uma vida mais saudável. As agulhas estimulam terminações nervosas presentes na pele e outros tecidos, enviando mensagens para o cérebro, desencadeando diferentes efeitos como ações analgésicas e anti-inflamatórias.

Fitoterapia

Aqui ocorre uma seleção de plantas medicinais que tem como intuito estimular o fortalecimento das funções do organismo. Conversando com a ideia da naturopatia, ela permite que corpo encontre o equilíbrio, através da vasta gama de opções que a medicina botânica pode nos oferecer. Toda planta ou erva possui suas propriedades, então é necessária a consulta de um especialista

Homeopatia

Ela tem como lógica utilizar as mesmas substâncias que causam os sintomas das doenças para tratá-las. Para isso, essas substâncias são bem diluídas em água, até que fique uma quantidade que seja o suficiente para aliviar esses sinais, em vez de intensificá-los. Pode ser indicada para tratamentos de doenças ginecológicas, respiratórias, dermatológicas, gastrointestinal, alergias e infecções virais ou bacterianas.

Florais de Bach

Geralmente manipulados em farmácias, as 38 opções existentes dos florais de Bach buscam chegar à raiz dos problemas do paciente e estabilizar as causas de tais desequilíbrios. São indicados a partir da análise das características da nossa personalidade e do quadro emocional apresentado.

Nutrição

Nós sabemos que os alimentos afetam ou ajudam nossas funcionalidades e, portanto, algumas enfermidades são associadas à deficiências, excessos ou intolerâncias alimentares. Reeduque seus hábitos de consumo e lembre-se: a gente é o que come.

Fonte: Yacamin

×
Olá, tudo bem? Como posso lhe ajudar?

Pin It on Pinterest